terça-feira, 23 de setembro de 2014

Picolé mexicano tem franquia de R$ 90 mil, mas há risco de ser só moda

Empresas que investiram na fabricação e na venda das paletas mexicanas --picolés artesanais-- nos últimos dois anos agora apostam na expansão com a abertura de franquias. Desde 2013, ao menos três redes adotaram o modelo: El Paletero, Los Paleteros e Palecolé. Juntas, as empresas somam 49 unidades franqueadas no país. 
O ramo exige investimento inicial entre R$ 90 mil e R$ 395 mil e disposição para enfrentar o risco de que o produto seja apenas uma moda passageira, apontam consultores. 
A primeira loja da Los Paleteros nasceu em Balneário Camboriú (SC), em 2012. Osengenheiros Gean Chu, 25, e Gilberto Verona, 25, viram uma oportunidade no ramo de sorvetes artesanais e investiram em paletas mexicanas, picolés feitos com ingredientes naturais e maiores que os tradicionais.
A aposta deu certo e, em 2013, a empresa passou a oferecer franquias. Hoje são 45 unidades em 7 Estados, 43 delas abertas este ano. Segundo Chu, as lojas vendem uma média de 20 mil sorvetes por mês, divididos em 25 sabores e vendidos a preços que variam entre R$ 6 e R$ 8. O mais procurado é o de morango com recheio de leite condensado.
Para abrir um quiosque da marca, o interessado precisa desembolsar R$ 260 mil, incluindo a taxa de franquia e o capital de giro. A loja da marca tem investimento inicial de R$ 395 mil. Do faturamento médio mensal, estimado em R$ 90 mil, são cobrados 8% de royalties e 2% de taxa de publicidade. 
VEJA MATÉRIA COMPLETA AQUI:
http://economia.uol.com.br/empreendedorismo/noticias/redacao/2014/09/19/picole-mexicano-tem-franquia-de-r-90-mil-mas-ha-risco-de-ser-so-moda.htm

NOVA PESQUISA - Dilma tem 38%, Marina, 29%, e Aécio, 19%, aponta pesquisa Ibope

Pesquisa Ibope divulgada nesta terça-feira (23) aponta os seguintes percentuais de intenção de voto na corrida para a Presidência da República:
Dilma Rousseff (PT): 38%
Marina Silva (PSB): 29%
Aécio Neves (PSDB): 19%
Pastor Everaldo (PSC): 1%
Zé Maria (PSTU): 0%*
Luciana Genro (PSOL): 0%*
- Eduardo Jorge (PV): 0%*
Rui Costa Pimenta (PCO): 0%*
Eymael (PSDC): 0%*
Levy Fidelix (PRTB): 0%*
Mauro Iasi (PCB): 0%*
- Branco/nulo: 7%
- Não sabe/não respondeu: 5%

* Cada um dos sete indicados com 0% não atingiu 1% das intenções de voto; somados, eles têm 2%

A pesquisa foi encomendada pela TV Globo e pelo jornal "O Estado de S.Paulo".
No levantamento anterior do instituto, divulgado no dia 16, Dilma tinha 36%, Marina, 30%, e Aécio, 19%.
Segundo turno
Ibope também simulou três cenários de segundo turno. São eles:
- Marina Silva: 41%
- Dilma Rousseff: 41%
- Branco/nulo: 12%
- Não sabe/não respondeu: 6%
- Dilma Rousseff: 46%
- Aécio Neves: 35%
- Branco/nulo: 13%
- Não sabe/não respondeu: 7%
- Marina Silva: 44%
- Aécio Neves: 31%
- Branco/nulo: 16%
- Não sabe/não respondeu: 9%
O Ibope ouviu 3.010 eleitores em 206 municípios do país entre os dias 20 e 22 de setembro. A margem de erro é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95%, o que quer dizer que, se levarmos em conta a margem de erro de dois pontos, a probabilidade de o resultado retratar a realidade é de 95%. A pesquisa foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o protocolo BR-00755/2014.
G1 SP

Lamentável: torcedor do Vitória fica nu na Arena. Veja Vídeo

O triunfo do Vitória sobre o Bahia no último domingo (21) deixou os torcedores rubro-negros bastante felizes. Porém, um deles exagerou nas comemorações e protagonizou cenas de total falta de respeito na Arena Fonte Nova.
 
Durante a partida, provavelmente após virada rubro-negra, o torcedor abaixou as calças e mostrou as partes íntimas para quem quisesse ver. A cena foi registrada em vídeo, onde mostra o rubro-negro dançando com as calças abaixadas e sem nenhum constragimento diante do momento de ousadia. 
 
O momento é presenciado por outros torcedores, que não tomaram nenhum tipo de atitude diante da situação. O 'empolgadinho' foi identificado apenas pelo prenome de Gilberto e como morador do município baiano de Ipiaú, cerca de 350 quilômetros da capital baiana. 
 
A reportagem do Bocão News entrou em contato com a Arena Fonte Nova, que através da assessoria de imprensa lamentou o ocorrido e a não identificação imediata do torcedor, mas destacou maior atenção no sistema de monitoramento para que casos parecidos não se repitam. 
BOCÃO NEWS

Estado investe R$ 1,69 milhão em recuperação de vias do Distrito Industrial de Ilhéus

FOTO: JOSÉ NAZAL
O secretário da Indústria, Comércio e Mineração, James Correia acompanhou de perto, nesta terça-feira (23) as obras de recuperação do Distrito Industrial de Ilhéus, com previsão de conclusão para os próximos 30 dias. O polo possui 35 empresas instaladas e é responsável pela geração de 2.450 empregos diretos. Durante a visita, o secretário se reuniu com uma comissão de empresários instalados no distrito.

“O Governo do Estado, por meio do Derba [Departamento de Infraestrutura de Transportes da Bahia], está investindo recursos da ordem de R$ 1,69 milhão na melhoria da infraestrutura, incluindo todo o serviço de recapeamento asfáltico das vias de acesso a distrito”, informa James Correia.

Para o secretário, a liberação da licença de implantação do Porto Sul, ocorrida ontem, vai impactar fortemente o polo. “Vamos constituir um grupo de trabalho para identificar, junto com a Prefeitura de Ilhéus, áreas para ampliar a zona industrial do município. Em 15 anos, Ilhéus terá a mesma movimentação portuária que Pernambuco e, em razão disso, os setores industrial e de serviços explodirão”.

Reunião com empresários

Durante a visita, o secretário se reuniu com uma comissão de empresários da área de informática instalados no distrito. “Temos, efetivamente, um problema nessa área, em razão da questão da competição com a Zona Franca de Manaus. A Semp Toshiba, por exemplo, se mudou por causa desse desequilíbrio fiscal na produção de eletrônicos”, diz Correia.

O representante do Sindicato das Empresas de Eletroeletrônicos, Gentil Cardoso, diz que uma questão que precisa ser atacada é a da logística portuária e de aviação, para melhorar a competitividade do setor. Para Luiz Yoshida, da Positivo Informática, se houver uma melhor infraestrutura logística, dá pra competir com Manaus. “Essa é a questão essencial. Até mesmo a mão-de-obra começamos a melhorar em razão da instalação do curso de Engenharia da Universidade do Sul da Bahia”, diz Yoshida.

SECOM BA

PUBLICIDADE - BAR VESÚVIO EM ILHÉUS



EM ILHÉUS OPÇÃO COM TRADIÇÃO
 SABADO COM BUFFET DE FEIJOADA
ILHÉUS - BAHIA

ACESSE NO SITE: http://barvesuvio.com/v3/