IMÓVEIS EM ILHÉUS

IMÓVEIS EM ILHÉUS

RESTAURANTE MESTRE CUCA

RESTAURANTE MESTRE CUCA
AGORA COM RODIZIO

COUTINHO NETO

COUTINHO NETO
CORRETOR DE IMÓVEIS

quarta-feira, 26 de julho de 2017

NOTA DE REPÚDIO CONTRA A "LEI DA CARTEIRADA" EM ILHÉUS


Diante o Projeto de Lei 053/2017, de autoria do vereador Jerbson Moraes (PSD), que propõe a entrada gratuita para agentes de segurança e meia-entrada para seus familiares em diversas atividades culturais realizadas no município de Ilhéus, produtores, gestores e empreendedores culturais vêm a público repudiar o que chamam de “Lei da Carteirada”, que, caso seja aprovada, acarretará em profundos impactos negativos a economia deste município, já que inviabilizará toda manutenção de uma sensível cadeia produtiva de eventos. 

Salientamos que, na realidade atual, os empreendedores culturais já encontram dificuldades para a realização de suas atividades e pouco dispõe de apoiadores ou patrocinadores para a realização destes, sendo o ingresso a única fonte de receita para garantir a viabilidade financeira das suas ações. 

Tendo em vista isso, anunciamos as consequências que a aprovação da “Lei da carteirada” trará a Ilhéus e à sua população, além de visitantes, já que se trata de um município com grande apelo turístico: - O Cine Santa Clara, localizado na Avenida Soares Lopes, e único cinema existente no município, terá as suas atividades encerradas no dia seguinte à aprovação da projeto de lei proposto pelo edil; - O Batuba Beach Sound, maior evento privado de réveillon da Bahia, realizado há 10 anos em Olivença, terá a sua realização alterada para outro município da região, com condições favoráveis a isso; - A contratação de atrações regionais em casas de shows, como o Mar Aberto, não será mais viável. 

Todas as consequências são declaradas pelos gestores responsáveis aos empreendimentos citados e produtores locais. 

Este grupo conta com o bom senso do vereador responsável pela criação do projeto, e dos demais legisladores de Ilhéus, eleitos para atenderem, de forma responsável, aos anseios de toda população.

 Ilhéus, 26 de julho de 2017.

Nenhum comentário:

Postar um comentário