IMÓVEIS EM ILHÉUS

IMÓVEIS EM ILHÉUS

JORNAL DO MEIO DIA DA GABRIELA FM

JORNAL DO MEIO DIA DA GABRIELA FM
102,9

RESTAURANTE MESTRE CUCA

RESTAURANTE MESTRE CUCA
AGORA COM RODIZIO

sábado, 1 de julho de 2017

ITABUNA - Agricultor é executado com seis tiros

A morte de Márcio dos Santos está cercada de mistérios. O pai do agricultor foi executado há mais de dois anos no Extremo Sul e o próprio Márcio foi alvo de um atentado, cujo tiro acertou um dos filhos menores dele 
Márcio dos Santos Silva 35 anos
Tarde de sexta-feira, último dia do mês de junho. Em sua roça, na região do Cerrado, distrito de Itabuna, Márcio dos Santos Silva ou Sinho, como era mais conhecido, conversava e trabalhava, tranquilamente, em companhia de dois funcionários. Ele não sabia, mas aquele seria seu último dia de trabalho. Por volta das 15 horas, o grupo foi surpreendido com a chegada de dois homens armados.

Sem dizer nada, os desconhecidos começaram a atirar. O alvo era exatamente o dono da propriedade. E Márcio foi friamente executado aos 35 anos de idade. Foram seis tiros, todos no rosto. Ao ouvir o barulho dos disparos, a esposa da vítima chegou a olhar pela janela e gritar, um vão, para o marido correr. Mas isso acabou despertando a atenção dos criminosos, que voltaram a atirar, dessa vez, na direção da mulher.
A dona de casa correu desesperadamente e fugiu pelos fundos do imóvel, entrando pela mata, numa luta desenfreada pela sobrevivência. Àquela altura, já não importava a lama e o brejo que envolvia o lugar, onde parecia que ia submergir a qualquer momento em meio a tanto lamaçal. Finalmente, encontrou um vizinho, que a ajudou. A mulher, que não quis ser identificada, seguiu para Itabuna em busca de socorro. Avisou à família e ligou para o Samu e Polícia Militar.

Os socorristas, no entanto, não tinham mais o que fazer. Márcio estava morto. O corpo dele foi levado para o Departamento de Polícia Técnica de Itabuna. Quando tudo isso foi resolvido, já passavam das 5 horas tarde.  A PM, o Samu e os peritos do DPT tinham acabado de deixar o local. Foi aí que um dos funcionários, que conseguiu escapar ileso do ataque, lembrou-se do colega, que também a tudo testemunhou. 
Nilton Ramos Santos, de 53 anos
Após procurá-lo pelas imediações, parentes de Márcio, amigos e vizinhos descobriram o homem, baleado em uma das pernas, desmaiado em cima de uma cama. Quem ali estava teve que arrombar a porta para prestar socorro ao ferido.  O sobrevivente é Nilton Ramos Santos, de 53 anos. Ele foi socorrido em um carro particular e encontra-se internado no Hospital de Base, à espera de parentes que moram no bairro Daniel Gomes. VERDINHO

Nenhum comentário:

Postar um comentário