IMÓVEIS EM ILHÉUS

IMÓVEIS EM ILHÉUS

JORNAL DO MEIO DIA DA GABRIELA FM

JORNAL DO MEIO DIA DA GABRIELA FM
102,9

REI DAS ESQUADRIAS

REI DAS ESQUADRIAS
AV. ITABUNA. ILHÉUS BA

RESTAURANTE MESTRE CUCA

RESTAURANTE MESTRE CUCA
AGORA COM RODIZIO

terça-feira, 13 de junho de 2017

Policiais da Deam resgatam jovem e prende homem que a mantinha em cárcere privado

Andrea Trindade
Policiais da Deam resgatam jovem e prende homem que a mantinha em cárcere privado
Policiais civis da Delegacia de Atendimento à Mulher (Deam) de Feira de Santana resgataram uma jovem de 18 anos, na manhã desta terça-feira (13), e prenderam João Thales de Araújo Santos, 28 anos, acusado de agredi-la e mantê-la em cárcere privado desde o último domingo (11) na residência dele, na Rua VP 34, conjunto Feira IX.
Em entrevista ao Acorda Cidade, a delegada Maria Clécia Vasconcelos, titular da Deam, informou que chegou até o local após receber informações da mãe da jovem.
“Tivemos dificuldades de acesso ao local porque a residência estava trancada. Ele realmente estava impedindo a saída da jovem e desta forma se constatou a veracidade do fato. Foi preciso usar de artifícios para adentrar o imóvel e constatar que a menina estava no local. Ele também foi encontrado lá e conduzido à delegacia pelos crimes de lesão corporal e cárcere privado, informou a delegada.
A mãe da garota, Ana Maria Lobo Maciel, disse que ele não aceita o fim do namoro e que ele sempre ficava rondando a vítima. Segundo Ana Maria, ele chegou a invadir a residência dela e a levou à força, no momento em que ela estava só com os irmãos de 10 e 11 anos de idade.
Fotos: Aldo Matos/Acorda Cidade
“É o tempo todo batendo nela. Ela está cheia de hematomas, no olho, no corpo inteiro. Ele é doente. Não deixa ela ir à minha casa, ela não sai para lugar nenhum, só fica dentro de casa. É prisioneira o tempo todo. Ela termina, ele não aceita e o tempo todo fica ameaçando e ela fica com muito medo. Minha filha não responde nada que eu pergunto. Já mandei várias vezes ela ir para a casa de parentes. Por dois dias seguidos ele vinha seguindo minha sobrinha para dar informações sobre ela. Ele invadiu minha casa e pegou minha filha a pulso, meus meninos ligaram desesperados chorando, quando eu cheguei em casa e não a vi passei mal. Ele a mantinha em cárcere privado, pode perguntar para qualquer pessoa na rua dele. Ela está toda machucada. As pessoas falam que irão registrar queixa e ele diz que não tem medo. Eu não sei quem são os pais dele e ele só ia lá em casa quando eu não estava. Ela tem muito medo”, relatou a mãe ao Acorda Cidade.
Informações do repórter Aldo Matos do Acorda Cidade 

Nenhum comentário:

Postar um comentário