IMÓVEIS EM ILHÉUS

IMÓVEIS EM ILHÉUS

sexta-feira, 1 de fevereiro de 2013

Exército leva água a mais 20 cidades que sofrem com a seca na Bahia


Comboio do Exército saiu de Salvador na manhã desta sexta-feira para auxliar no abastecimento de água na Bahia (Foto: Reprodução TV Bahia)Comboio do Exército saiu de Salvador na manhã
desta sexta-feira para auxliar no abastecimento
de água na Bahia (Foto: Reprodução TV Bahia)
Militares do 19º Batalhão de Caçadores, da 6ª Região Militar do Exército, partiram deSalvador na manhã desta sexta-feira (1º) para levar água a moradores de 20 municípios do semi-árido baiano, que sofrem com a seca.
De acordo com dados da Coordenação da Defesa Civil (Cordec), até esta sexta-feira foi decretada situação de emergência, por causa da seca, em 233 municípios baianos.
Tropas do 35º Batalhão de Infantaria, em Feira de Santana, do 4º Batalhão de Engenharia de Construção, em Barreiras, oeste da Bahia, e do 28º Batalhão de Caçadores, em Aracaju (SE), também seguiram para as cidades com o objetivo de ajudar a população no combate à seca.
De acordo com o coronel Ulisses, comandante do 19º BC, no total, 106 homens do Exército deixaram os quarteis que pertecem a 6ª Região Militar nesta manhã. O comandante explicou que a ação já é realizada em outras 59 cidades atingidas pela pior estiagem nos últimos 40 anos.
Segundo o coronel Ulisses, as prefeituras dos municípios afetados com a falta de água pedem ajuda ao Governo Federal, que faz a solicitação de apoio na distribuição emergencial nos locais atingidos.
Os militares só retornam quando não for mais necessário o auxílio do Exército no trabalho. As cidades que passam a ser atendidas nesta sexta-feira são: JaguaquaraMalhada, Iuiú,AntasBanzaêCipóHeliópolisItapicuru,OlindinaRibeira do PombalTucano,AramariBiritingaRafael Jambeiro,Mucugê,PiatãPresidente DutraUtinga, Xique-xique e Correntina.
O comandante do 19º BC informou que além dessas cidades, os militares do batalhão já atendem outros 59 municípios baianos em situação de emergência por conta da seca. Nesses locais, presta assistência na distribuição de água a cerca de 370 mil pessoas, com a contratação de 412 pipeiros.
A atuação do Exército na distribuição é feito com o cadastro de carros-pipa, fiscalização da distribuição do serviço por parte deles e também com a distribuição de água em carros do Exército em lugares onde não é possível a contratação de pipeiros. O Exército usa carros-pipa da corporação e também um veículo Tlotter, utilizado para o transporte de tropas e também de água em reservatórios.
G1 BA

Nenhum comentário:

Postar um comentário